Migração dos Canais da Banda C para a Banda Ku 2022 USB

Migração dos Canais da Banda C para a Banda Ku 2022 USB. Quando A Empresa De Cinebox Lançar Uma Atualização Oficial, Atualizaremos Este Artigo Imediatamente. Portanto, Certifique-se De Se Inscrever Ou Visitar Diariamente Para Obter As Atualizações Mais Recentes Para O Receptor De Satélite Tocomlink Festa HD.

Isso Lhe Dá Um Arquivo De Software Seguro Que Você Pode Atualizar Seu Cinebox Através De USB Usando Este Arquivo Que Iremos Fornecer A Você Em Um Arquivo Zip Ou Bin, Então Certifique-se De Quando Você Pode Atualizar Seu Arquivo De Seleção Cinebox. Para Descompactar Um Arquivo Zip, Você Pode Obter Todos Os Métodos Aqui, Vá E Verifique. Então Vamos Verificar Todas As Atualizações como atualizar tocomsat combate s pela internet Antigas E Novas Para A Dupla De Migração dos Canais da Banda C para a Banda Ku

Migração dos Canais da Banda C para a Banda Ku

Migração dos Canais da Banda C para a Banda Ku 2022 USB

Migração dos Canais da Banda C para a Banda Ku A implementação da tecnologia de dados móveis 5G já começou e para atender as medidas, a TV aberta via satélite que utiliza a banda C, deverá migrar para a banda Ku. Essa é uma das etapas Necessárias para a implementação das políticas previstas no edital de 5G e a migração é uma forma de evitar possíveis interferências na recepção dos sinais quando o 5G começar a operar na faixa de 3,5 GHz.

Atualmente, a maioria destas emissoras estão no satélite Star One C2 de propriedade da Claro (Embratel), com transmissões abertas na banda C. O satélite que irá substituir o Star One C2 Banda C será o Star One D2, que está na posição orbital 70w, a mesma dos satélites Star One C4 e Star One C2.

Download Migração dos Canais da Banda C para a Banda Ku

Download

Download Link Alternativo

Download

Os canais migrados para banda Ku abrem em qualquer receptor?

Alguns dos canais migrados da Banda C estão em teste na banda Ku do Star One D2, como a TV Brasil por exemplo, eles possuem criptografia Nagravision 3 e Betacrypt utilizada pelo SAT HD Regional. Porém essas codificações ainda não foram ativadas, possibilitando a utilização de sinal aberto para captura em qualquer receptor DVB-S2.

Segundo fontes, o SAT HD Regional não será utilizado apenas para a regionalização de emissoras de grandes redes, mas também para impedir a abertura de canais em países vizinhos.

Ainda pode haver discussões, mas o conceito é que o sinal não pode ser recebido fora do Brasil por questões de direitos autorais.

Leave a Comment